Piscicultores de MT investem no comércio da pele de peixe

Frigorífico de Sorriso produz uma média de 400 a 500 quilos de pelo, por dia, nesta época do ano.
peixe xxx

De acordo com a Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR), Mato Grosso é o quarto estado que mais produz peixes no país, com mais de 54 mil toneladas por ano. Diante da produção, os piscicultores estão investindo na reutilização da pele do peixe e aumentando os lucros.

Pintado e tambaqui, são duas das espécies criadas em um Centro de Piscicultura em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. São 400 mil peixes espalhados em 130 viveiros. Cerca de 95% da produção são vendidos para outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Pará e Maranhão.

Em um frigorífico localizado no Distrito de Primaverinha, ainda no município de Sorriso, o abate chega a 10 toneladas de pescado por dia, nesta época do ano.

Em um frigorífico localizado no Distrito de Primaverinha, ainda no município de Sorriso, o abate chega a 10 toneladas de pescado por dia, nesta época do ano.

De acordo com o pesquisador da Embrapa, Manuel Jacintho, a proposta é agregar valor e, se essa agregação for interessante para a indústria, vale a pena piscicultores e frigoríficos fazerem o investimento.

O engenheiro de pesca Luciano Hinnah acredita que o investimento é válido. “Tendo uma indústria que utilize esse subproduto, um couro, uma farinha de víceras, algo desse tipo, até economizaria no frete”, comentou.

Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *