PREVENÇÃO

Rotary promove campanha de erradicação da poliomielite em MT

As ações que acontecem em todo Estado têm como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da vacinação
WhatsApp Image 2019-10-21 at 16.23.36

O Rotary Clube de Cuiabá-Bandeirantes promove nesta quarta-feira (23), às 19h, durante o jogo entre o Cuiabá e o Goiás Esporte Clube, na semifinal da Copa Verde, um ato de conscientização sobre a importância da vacinação conta a poliomielite em Mato Grosso.

Marcos Pereira, um dos membros da organização do evento, explica que o time do Cuiabá, irá entrar em campo segurando uma faixa com frases de alerta e orientação para que as pessoas vacinem as crianças com idade entre 0 a 05 anos.

“Escolhemos este jogo para divulgarmos nossa ação, pois serão muitos telespectadores assistindo, uma grande oportunidade da campanha ser vista em todo Estado”, explicou Marcos.

Outra participante da ação educativa é a rotariana Gisela Simona, que enfatiza a importância de divulgar o dia estadual de combate à doença, que nasceu da bandeira central do Rotary Internacional, em combater a poliomielite no mundo.

“O Rotary é uma comunidade internacional que junto com parceiros, ajudaram a imunizar mais de 2,5 bilhões de crianças contra a poliomielite em 122 países, representando uma redução de 99,9% no número de casos mundiais da doença. Em Mato Grosso, a Lei n° 10.477 instituiu o Dia Estadual de Combate à Poliomielite, e é comemorado no dia 24 de outubro, em alusão a esta data, membros do Rotary no Estado, promovem ações de conscientização na tentativa de erradicar a doença em Mato Grosso”, ponderou Gisela.

Conforme dados do Ministério da Saúde, a vacina é segura e protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3, e a eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%.

Ainda segundo Gisela, é importante reforçar que não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacina. “O objetivo é a prevenção e evitar a reintrodução da doença. Embora não haja cura, a pólio pode ser prevenida pela vacina”, complementa Simona.

Erradicação da poliomielite no Brasil

O Brasil está ‘livre’ da poliomielite desde 1990, e em 1994, o país recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem em seu território.

Entretanto, nove países registraram casos em 2014 e 2015. Em três países – Nigéria, Paquistão e Afeganistão – a poliomielite é endêmica. Nos outros seis (Somália, Guiné Equatorial, Iraque, Camarões, Síria e Etiópia) os casos registrados da doença foram decorrentes de importação do poliovírus selvagem. Por isso, a vacinação é fundamental para que casos de paralisia infantil não voltem a ser registrados no Brasil.

A iniciativa global de Erradicação da Pólio é liderada pela OMS, Rotary Internacional, Centro Norte Americano de Controle e Prevenção de Doenças e UNICEF, contando com o apoio de governos e doadores do setor privado.

O Rotary é uma organização humanitária com mais de 1,2 milhão de associados em 34.000 Rotary Clubs em cerca de 200 países e áreas geográficas. Os rotarianos são lideres empresariais e profissionais que compartilham o desejo de fazer o mundo um lugar melhor por meio de serviços humanitários.

Da Assessoria
Fotos: Assessoria

Jota Jota Nascimento


Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *