FLUMINENSE

Grupo de torcedores invade CT do Fluminense e cobra jogadores durante treino nesta manhã

Episódio ocorreu nesta manhã. Torcedores derrubaram muro de metal, cercaram atletas na academia e cobraram comprometimento e raça dos atletas
esporte fluminense 2

Um grupo de cerca de 30 torcedores invadiu o CT do Fluminense na manhã deste sábado para protestar. Integrantes de organizadas e de movimentos, eles derrubaram um dos muros de metal que cercam o terreno e entraram no local por volta das 10h horário de Brasília.

Os jogadores estavam iniciando os trabalhos na sala de musculação quando foram surpreendidos pela invasão e cercados pelos torcedores. Os seguranças do clube chegaram na sequência e pediram para os ânimos se acalmarem. Os jogadores, no entanto, aceitaram ouvir as cobranças do grupo.

Eles cobraram comprometimento e raça dos atletas. “Queriam a demissão do Oswaldo? Agora têm que ganhar”, foi uma das cobranças. O clima foi de hostilidade, mas não houve agressão física. Nenhum jogador foi cobrado individualmente. O protesto foi direcionado ao elenco como um todo.

O protesto durou cerca de 10 minutos e os torcedores deixaram o CT de forma espontânea, sem precisar serem retirados.

Do lado de fora, perto da entrada para a rua de acesso ao CT, na Avenida Ayrton Senna, o grupo pendurou uma faixa com cobranças ao presidente Mário Bittencourt, ao vice Celso Barros e escrita “doe sangue pros jogadores”. Os dirigentes não estavam presentes no local.

A atividade no campo acabou atrasada por causa do episódio. Este é o último treino do Fluminense antes do confronto deste domingo, contra o Grêmio, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a 16ª posição no campeonato, com 19 pontos.
Por GloboEsporte.com
Fotos: Reprodução

Jota Jota Nascimento


Anúncio

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *